sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Sorteio da 2ª Eliminatória da Taça de Portugal: Santa Clara vai jogar na Vidigueira


O Auditório Manuel Quaresma da Sede da Federação Portuguesa de Futebol acolheu, esta sexta-feira, o sorteio da segunda eliminatória da Taça de Portugal que irá ser disputada a 16 de Setembro de 2012.


Eis os 48 encontros ditados pelo sorteio:

Aliados do Lordelo - Sertanense FC
AD Oeiras - FC Oliveira do Hospital
CD Fátima - SC Pombal
Atlético SC de Reguengos de Monsaraz - AD Grijó
FC Pedras Rubras - SC Marítimo da Graciosa
Desportivo de Monção - Eléctrico FC Ponte de Sor
Vencedor do jogo Varzim SC-FC Marinhas* - SC Bustelo
Casa Pia AC - FC Penafiel
Santa Maria FC - CD Pinhalnovense
SC Mirandela - SL Cartaxo
SC Praiense - Gondomar SC
SC Lourinhanense - Louletano DC
AC Vila Meã - ADRC Aguiar da Beira
Académico de Viseu FC - Portimonense SC
CF União da Madeira - Sport Benfica e Castelo Branco
SC Freamunde - SC Salgueiros 08
GD Sourense - FC Pampilhosa
Futebol Benfica - AD Fafe
GD Ribeirão - Grupo União Sport
SC Covilhã - CD Cinfães
Vitória FC do Pico - Anadia FC
GD Chaves - FC Tirsense
CD Feirense - Padroense FC
SC Barreiro - CF União de Lamas
CA Pero Pinheiro - SU 1º de Dezembro
GD Lagoa - CD Tondela
FC Arouca - CD Trofense
CD Aves - CD Estarreja
AA Avanca - SC Espinho
Vilaverdense FC - Académico de Felgueiras
AC Alcanenense - AD Oliveirense
GD Fabril do Barreiro - União SC de Paredes
Amarante FC - CCD Santa Eulália Vizela
CDR Quarteirense - SC Farense
SC Melgacense - AD Ponte da Barca
Vencedor do jogo UD Leiria-Boavista * - Vencedor do Jogo CD Torres Novas-CDd Ribeira Brava *
Operário - Caldas SC
UD Tocha - AD Nogueirense
GD Tourizense – C Oriental de Lisboa
AD ‘Os Limianos’ - Amora FC
UD Sousense - SC Coimbrões
“Os Belenenses” - FC Vizela
Leixões SC - Leça FC
UD Oliveirense - SU Sintrense
CF Vasco da Gama - Santa Clara Açores
SC Penalva do Castelo- GD Peniche
UD Sampedrense - SC Sacavenense
Atlético CP - Naval

* Jogo agendado para 9 de Setembro de 2012

Aldenovense celebra 65 anos de existência no próximo sábado


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Emblemas: Sociedade Artística Almodovarense (Almodôvar)

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Vasco da Gama da Vidigueira já arrecadou 5 mil euros na Taça de Portugal


O Vasco da Gama de Vidigueira já arrecadou 5 mil euros com a participação na Taça de Portugal. Segundo o novo regulamento de apoio aos clubes não profissionais a verba a atribuir aos participantes desta prova, aumentou. Por participar na Taça de Portugal, o Vasco da Gama ganhou 2 mil euros. Ao passar a primeira eliminatória, com uma vitória sobre o Clube Caçadores das Taipas, recebeu mais 3 mil euros.
O presidente do Vidigueira espera que o clube passe a próxima eliminatória pois “será uma receita adicional a ajudar” durante a participação no Campeonato Nacional da 3ª Divisão. António Galvão explica que as verbas ganhas vão trazer uma “folga financeira” ao clube. O sorteio para a próxima eliminatória da Taça realiza-se na sexta-feira.

Texto: Rádio Pax

Cachecóis - Moura AC

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

"Vasco da Gama da Vidigueira fará a pré-época em competição" diz o treinador Fernando Piçarra



Confira aqui uma entrevista dada por Fernando Piçarra, o treinador do Vasco da Gama da Vidigueira, clube que vai disputar a 3ª Divisão Série F ao jornal "Diário do Alentejo". O texto e a fotografia são da autoria de Firmino Paixão.

Fundado em 1945, o Clube de Futebol Vasco da Gama, de Vidigueira, vai pela primeira vez no seu historial competir no Campeonato Nacional da 3.ª Divisão.

O clube aceitou um convite da Federação Portuguesa de Futebol para preencher uma das inúmeras vagas provocadas pela desistência de muitos clubes que disputavam provas nacionais e depois de o Milfontes, vice-campeão da AF Beja na época passada, ter declinado. Chegado à Vidigueira a meio da época anterior, o treinador Fernando Piçarra, 52 anos, conduziu a equipa vascaína ao terceiro lugar do Distrital de Beja e assume esta oportunidade de disputarem uma prova nacional como importante para a projeção do clube e da terra, sublinhando que o pior que pode acontecer é voltarem ao lugar onde estavam.

A direção do Vasco da Gama renovou a confiança no Fernando para uma segunda temporada?
No final da época passada tínhamos acordado que eu continuaria a treinar o clube, dei a minha palavra às pessoas nesse sentido, entretanto surgiu o convite para o Vasco da Gama disputar a 3.ª Divisão, falei com o presidente, sabíamos que seria uma situação nova cuja decisão teve que ser rápida, e estamos a trabalhar com esse objetivo.

Teria outro sabor se tivessem subido pela via do título distrital…
A questão não é essa, nós não pedimos nada a ninguém, a federação é que nos convidou a disputar o campeonato. O problema é que foi tudo muito rápido, muito em cima, tínhamos programado o regresso no final de agosto e tivemos que antecipar o início da época. Mas estamos a tentar trabalhar o melhor possível, dentro das possibilidades que temos.

O Fernando foi ouvido antes de o Vasco da Gama aceitar?
Sim, eu aconselhei a direção. Parece-me que este campeonato não terá grandes dificuldades, praticamente será uma espécie de Distritalão. Temos oito equipas alentejanas, entre Beja e Évora. Repare que teríamos que sair para Odemira e Milfontes, assim vamos a Lagoa e a Lagos, as despesas são praticamente as mesmas.

Quais são os fatores positivos desta decisão?
Principalmente o facto de o Vasco da Gama nunca ter estado na 3.ª Divisão. Será uma boa experiência, sobem apenas duas equipas, sabemos das dificuldades que vamos encontrar, mas será algo de importante para a terra e para o clube, e se o Vasco da Gama descer vem para o mesmo sítio onde estava, portanto não vejo nada de negativo.

A época teve que ser repensada?
Vamos fazendo isso pouco a pouco. Estamos a tentar melhorar as coisas, sempre dentro da nossa realidade, não queremos ir além daquilo que é possível, não embandeiramos em arco, não entraremos em loucuras, vamos comer o nosso feijãozinho com arroz dentro da nossa humildade, com uma equipa competitiva, que entre em campo para nunca sair derrotada. Estamos a ver jogadores, a pouco e pouco vamos ter que tomar decisões e formar a equipa. Como costumo dizer, faremos a pré-época já em competição.

O objetivo é conseguir o melhor lugar possível…
Seria um discurso irrealista da minha parte se eu dissesse o contrário. Mas o nosso objetivo também depende muito daquilo que a direção do clube quiser e tiver possibilidade de investir. Vamos tentar ficar nos primeiros seis lugares e depois vamos ver.

Lamentavelmente a 3.ª Divisão vai acabar…
O problema está aí, se fosse mais cedo seria um trabalho mais fácil, mas entrámos em competição para a Taça de Portugal. Acho que vai ser um campeonato competitivo, as pessoas fazem sempre um esforço e vão um pouco mais além do que podem para tentarem ir o mais longe possível. Mas a grande questão é esta, se houver uma segunda fase para as últimas, o que vão as últimas seis equipas lá fazer, sabendo antecipadamente que descem aos distritais? Mas as regras são estas, temos que viver com elas.

Três das equipas competiam na época passada na 2.ª Divisão. Serão os principais candidatos?
É uma resposta que não lhe posso dar, eles é que saberão. Mas é natural que assim seja, são equipas com mais talento, mais experiência, principalmente experientes ao nível da 2.ª e 3.ª divisões. E depois têm outro tipo de orçamento que nós não temos. Mas é importante referir que dentro do campo é que se vê o potencial e a dimensão das equipas. Não sou pessoa de baixar os braços, acredito no meu trabalho e não facilitaremos a vida a ninguém.

O futebol amador passa por grandes dificuldades…
Estes são os sinais das mudanças que têm existido a nível global. Costumo dizer que quem não sabe ler vê os bonecos, porque isto é assim, esta conversa que estou aqui a ter podia mudar em 10 minutos se aparecesse dinheiro, cinco ou seis telefonemas e vinham outros tantos jogadores, o problema é que não o temos e assim gerimos a realidade que temos. O futebol é cada vez mais uma indústria. Nem imagina a quantidade de telefonemas de empresários que temos todos os dias.



Fernando Piçarra

Nascido em Moura, em 15 de dezembro de 1959 (52 anos)

Percurso como jogador: Moura, Académica de Coimbra, Vasco da Gama de Sines, Desportivo de Beja, Moura.
Percurso como treinador: Moura, AmarelejensePiense (três épocas); Barrancos (três épocas e título distrital da 2.ª Divisão em 2007/2008), Moura (duas épocas com subida à 2.ª Divisão Nacional), Vasco da Gama da Vidigueira (duas épocas)


Memórias: Almada / Desportivo Beja (1964/1965)

sábado, 25 de agosto de 2012

Associação de Futebol de Beja - Sorteios a 31 de Agosto


A Associação de Futebol de Beja informou que se irão realizar no dia 31 de agosto de 2012, sexta-feira, pelas 20H30, na sede da Associação, sita na Rua Pablo de Neruda, 1 em Beja, os sorteios das seguintes competições distritais respeitantes à época 2012/2013:

Campeonato Distrital da 1.ª Divisão
Campeonato Distrital da 2.ª Divisão
Campeonato Distrital de Juniores
Campeonato Distrital de Juvenis
Campeonato Distrital de Iniciados
Taça Distrito de Beja - Juniores
Taça Distrito de Beja - Seniores
Taça Armando Nascimento - Juvenis

AF Beja: Mais um clube desistiu hoje


O Campeonato Distrital de Beja continua em ebulição, depois da desistência de vários clubes e da repescagem do Amarelejense para a 1ª Divisão Distrital eis que outro clube desistiu no dia de hoje - o Sabóia.

O SportAlentejo procurou saber junto dos dirigentes do clube quais as razões que levaram à apresentação da sua desistência do Campeonato Distrital da 2ª Divisão à Associação de Futebol de Beja.

O clube enviou na tarde hoje, por fax, a desistência oficial do Campeonato Distrital da AF Beja. em declarações exclusivas ao SportAlentejo o Presidente do Clube, Garcia Rodrigues, explicou a decisão. 

Muito se tem debatido sobre o modelo competitivo a adoptar na época desportiva 2012/2013 devido às desistências de clubes em participar nos campeonatos organizados pela AF Beja. Hoje, foi a vez do Sabóia retirar a sua inscrição. 

Em declarações exclusivas ao SportAlentejo o Presidente do clube, Garcia Rodrigues explicou o porquê desta tomada de decisão de desistir dizendo que "Nestes moldes não entramos, na nossa opinião tinha-se feito uma 1ª distrital com as dez equipas de 1ª e o campeonato da 2ª distrital ficava com as nove que tinha e para o ano logo se normalizava, não era agora que se mudava", disse ainda que "se a AF Beja voltar atrás jogamos, porque o nosso interesse é participar", mas começando por esclarecer: "Nós inscrevemo-nos na 2ª distrital e se fossemos convidados para a 1ª não iamos aceitar." 

O dirigente revelou ainda que "houve um convite feito telefónicamente ao Sabóia por um funcionário da AF Beja no dia 10 de Agosto porque os clubes que tinham descido e o Bairro já tinham sido convidados e tinham ocupado as outras vagas. Mas eu expliquei que não temos condições para participar na 1ª distrital

Repare que nós nem temos iluminação no campo para treinar e outras coisas que fariam falta. Para já não tinhamos condições para a 1ª distrital."Instado a pronunciar-se sobre o que terá corrido menos bem neste processo o dirigente aponta na direção da "alteração feita em Junho pelos clubes aos regulamentos. 

Essa alteração foi injusta, pois o que estava regulamentado é que se obrigava os clubes que subiam ao fim de 3 anos terem escalões de formação e agora tem de se avançar logo com a formação. O Panóias podia estar na 1ª e assim desistiu, desistimos nós, o presidente do Renascente já me confirmou que desistem, o treinador do Messejanense disse-me o mesmo, o Ourique vai pelo mesmo caminho e o Negrilhos não deve ficar a jogar sozinho."

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Moura AC - “Seria impensável não subirmos”


Confira aqui uma entrevista dada por Joaquim Mendes, o treinador do Moura Atlético Clube, clube que vai disputar  a 3ª Divisão Série F ao jornal "Diário do Alentejo". O texto e a fotografia são da autoria de Firmino Paixão

O Moura Atlético Clube é um dos mais fortes candidatos ao triunfo na Série F da 3.ª Divisão Nacional no ano em que acaba este patamar competitivo.

A convergência de fatores como uma invulgar boa qualidade das suas infraestruturas desportivas e a elevada dedicação dos órgãos de direção, associados à elevada e reconhecida experiência do treinador Joaquim Mendes e à qualidade do plantel escolhido, só poderão conduzir a um final feliz. 

O técnico sublinhou a disponibilidade dos atletas para iniciarem os trabalhos de preparação mais cedo, em relação aquilo que é natural e normal, querendo a equipa na melhor condição para o início da temporada que, para os mourenses, começa amanhã, sábado, nos Açores, com o jogo antecipado da Taça de Portugal.

Já está identificado com o Moura?
Felizmente, como praticante, joguei de norte a sul e nas ilhas. Não me incomoda nada estar em Moura, a ambientação foi fácil e natural. Encontrei um clube com excelentes condições, talvez até existam algumas ciumeiras, porque Moura fica num canto do Alentejo e toda a outra parte mais central, por vezes, denegriu o que aqui existe, mas no futebol as pessoas têm que pôr de lado determinados preconceitos e estarem atentas ao desenvolvimento, ao património, à seriedade e competências de quem o dirige. O Moura não deveria ter saído da 2.ª Divisão, mas não foi possível a manutenção e eu aqui vou dizê­--lo com a justiça do próprio campeonato, porque não conseguimos reunir argumentos para nos mantermos naquele escalão.

Importa recolocar o clube na 2.ª Divisão?
Tivemos que fazer um trabalho de base. No dia 1 de maio tínhamos o plantel fechado, segundo a direção, com um orçamento mais baixo cerca de 30 000 euros do que na época anterior. Acredito no potencial de organização das pessoas que dirigem, acreditando na minha capacidade de orientação e de liderança técnica para podermos ter um bom nível neste campeonato e podermos atingir o que pretendemos. Estabilizarmos este clube ao nível da 2.ª Divisão Nacional.

No ano em que essa promoção é um imperativo?
Será um ano zero, mas alerto para um campeonato que será competitivo, mais que não seja pelos derbys regionais, são 32 jornadas e a equipas mais regulares atingirão a promoção. É importante que fique claro que os jogadores que neste momento estão no Moura têm uma certa tarimba, isto pode criar conflitualidade, mas temos que chamar as coisas pelos nomes e termos a noção da qualidade que existe neste plantel. São jogadores com nível de 2.ª Divisão, e até acima, não duvide, isto poderá ser uma responsabilidade para mim, mas é um hábito meu, entendo que quem trabalha e tem um mínimo de capacidade para atingir objetivos não tem que se amedrontar com determinado tipo de situações.

Os jogadores foram escolhas suas?
Maioritariamente temos alguns que passaram por equipas de 2.ª Divisão orientadas por mim e conseguiram classificações honrosas lutando por subidas à liga profissional, outros que o seu projeto profissional poderia ter sido melhor mas este mundo é assim, é uma questão de momento e oportunidade. Nós temos objetivos traçados, temos a certeza que existe qualidade. É importante estarmos firmes naquilo que tem que ser conseguido. Para termos bons resultados é preciso sabermos conviver com a crítica, positiva ou negativa. É inadmissível que não respeitemos uma opinião crítica de uma pessoa que possa estar a assistir a um jogo. Este jogo é uma paixão, uma paixão pelo golo, pelo resultado, pelo clube e pelos títulos e eu tenho a certeza que se este ano não acontecerem títulos desportivos no Moura será uma época de insucesso.

Significaria voltar ao início, ao escalão regional…
Isso seria impensável, ainda que seja possível. Temos que ter a noção que o futebol é um jogo, mas também uma maratona de 32 jornadas. Por isso temos que saber sofrer. Temos que ter um bom espírito de equipa para termos o maior sucesso possível. Vou estar atento a todas as equipas, nos dias que correm tudo isso é mais fácil, saber das envolvências competitivas e as influências que existem.

Muitas equipas alentejanas…
Realmente, por isso eu fico muito agradado quando vejo o Castrense a assumir-se como candidato ao título, o Aljustrelense, que tem um certo peso na região, ou o Vidigueira, que tem pessoas que estão identificadas com o futebol de Moura, ou ainda o Monte Trigo, que vem de um trajeto fantástico no regional. Também o Reguengos, despromovido, mas que tem muita qualidade, e até o União de Montemor, que se reforçou bem em Vendas Novas, são situações que temos que contrariar ao máximo, sem guerrilhas, sem arrogância, com muita humildade, muita capacidade dos jogadores, demonstrando dentro do campo que podemos ser melhores que o adversário.

Mas está confiante no sucesso?
Estou muito confiante, não vou entrar na afirmação de que vamos ser campeões porque isso seria falta de respeito pelos adversários, apesar de sentir que tenho um grupo bastante forte para poder atacar o campeonato com o objetivo firme e definido. Mas teremos o máximo respeito no máximo dos limites para com todos os nossos adversários.



Perfil: 
Joaquim Mendes
Nascido no Fundão, em 16 de maio de 1959 (53 anos)

Clubes como jogador (guarda-redes): 
Benfica, Académica, Espinho, Portimonense, Varzim, Marítimo, Olhanense, Lourinhanense

Clubes como treinador: 
Micaelense, Lamego, Cambres, Cinfães, Madalena, Lagoa, Pinhalnovense, Sertanense, Portosantense, Farense, Aljustrelense, Moura

Plantel do Moura:
Guarda-redes: 
David Cabral e Igor (ex-Lagoa).

Defesas: 
Daniel Garrido, Renato (ex-Praiense), Cata; Bruno Gomes; Mamadi (ex-Praiense), Danilson (ex-Praiense).

Médios: 
Bernardo Charraz, André Tonom (ex--Lagoa), Ibraime (ex-Aljustrelense), Michael Habib (ex-Aljustrelense), Carlos Daniel (ex--Alta de Lisboa); Filipe Infante, Tó Miguel e Diogo Inácio (ex-Odivelas).

Avançados: 
Dieng, Hélder Monteiro (ex-Praiense), Jorge Raposo (ex--junior), Tiago Floreano (ex-junior) e Pedro Saianda (ex-Vendas Novas).

Última Hora: Amarelejense repescado para a 1ª Divisão



No passada segunda-feira a Associação de Futebol de Beja convocou todos os clubes do distrito que estão inscritos no Campeonato Distrital  2012/2013 para uma reunião com o objetivo de organizar  o referido campeonato tendo em conta o reduzido número de clubes na 1ª Divisão (13 clubes) e na 2ª Divisão (6 clubes), conforme o AlentejoSport noticiou aqui.

O GD Amarelejense a militar na 2ª Divisão Distrital fez saber publicamente que não concordava com a opção mais votada pelos clubes devido a questões geográficas.

O AlentejoSport sabe que no dia seguinte, 21 de Agosto de 2012, o Grupo Desportivo Amarelejense foi contactado por e-mail pela Associação de Futebol de Beja endereçando-lhe um convite para ser o 14º clube na 1ª Divisão  Distrital, vaga essa que foi  deixada em aberto por algumas desistências 


No dia 22 de Agosto os orgãos sociais do Grupo Desportivo Amarelejense decidiram aceitar o convite para participar na 1ª Divisão Distrital de Beja 2012/2013 tendo esse facto sido comunicado à Associação de Futebol de Beja.

Recordamos que o Amarelejense foi o 5º Classificado da 2ª Divisão 2011/2012 atrás de Cabeça Gorda, Piense, Bairro da Conceição e Sabóia



quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Equipa alentejana dá o pontapé de saída na Taça de Portugal 2012/2013



O Moura Atlético Clube vai ser a primeira equipa alentejana a entrar em acção na 1ª Eliminatória da Taça de Portugal defrontando no sábado pelas 15 horas a equipa açoriana do Barreiro em Porto Judeu/Angra do Heroismo.

As restantes equipas jogam no domingo, destacando-se os derbies alentejanos Castrense/Eléctrico e Aljustrelense/Atl.Reguengos 

Confira os jogos das equipas alentejanas na 1ª Eliminatória da Taça de Portugal:

Sábado (25-08-2012) - 15 Horas
Barreiro (Açores) - Moura 

Domingo (26-08-2012) - 16 Horas
Oriental - Juventude Évora 
U. Montemor - Oliv. Frades 
Aljustrelense At. Reguengos 
Sacavenense - Monte Trigo 
CF Vasco da Gama (Vidigueira) - Caçadores das Taipas 
Castrense - Eléctrico

terça-feira, 21 de agosto de 2012

AF Beja: Na reunião realizada ontem entre a AF Beja e os clubes decidiu-se ...

A reunião realizada na sede da AF Beja, ontem dia 20 de agosto de 2012, segunda-feira, entre a Direção desta associação e todos os clubes filiados inscritos nos campeonatos distritais de futebol sénior, época 2012-2013, tinha como objetivo analisar e discutir os quadros competitivos, uma vez que se encontram inscritos 13 clubes na 1.ª divisão6 clubes na 2.ª divisão.

Dos 19 clubes convidados, apenas 1 clube não marcou presença. Feita a introdução à reunião, foram apresentadas pela Direção quatro propostas de modelo de campeonato para a presente época. Analisadas todas elas, mereceram logo reprovação as Propostas 3 e 4.

A Proposta 1 mantinha o campeonato da 1.ª divisão com 13 clubes e seria disputado nos moldes habituais. A 2.ª divisão seria disputada com os 6 clubes inscritos, compreendendo um campeonato de abertura a duas voltas e um campeonato de encerramento também a duas voltas, com subida à 1.ª divisão dos respetivos vencedores. O campeão da 2.ª divisão seria encontrado num só jogo entre os vencedores destes dois campeonatos.

A Proposta 2 juntaria todos os clubes inscritos em duas séries, por zonas, uma com 10 clubes e outra com 9 clubes. Haveria uma 2.ª fase para apuramento do campeão e para definir descidas.

Colocadas a votação, a Proposta 1 mereceu 10 votos, a Proposta 2 mereceu 6 votos e dois clubes abstiveram-se.

O Amarelejense pondera agora a não participação no respetivo campeonato, com Ourique e Sabóia a manifestarem apoio àquele.

Texto: AF Beja

Memórias: Piense


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

domingo, 19 de agosto de 2012

Jogadores Bejenses - Lampreia


António Manuel Simão Lampreia
5/4/49 - Mértola
Defesa-lateral

65/66-Farense---------jun.
66/67-Farense---------jun.
67/68-Farense----------III
68/69-Farense----------III
69/70-Farense-----------II
70/71-Juv.Évora--------III
71/72-  
72/73-
73/74-Farense-----------I
74/75-Farense-----------I
75/76-Farense-----------I
76/77-Farense----------II
77/78-
78/79-
79/80-Louletano-----Dist.
80/81-Louletano-----Dist.
81/82-Louletano-------III
82/83-Louletano-------III
83/84-Louletano-------III
84/85-Almancilense-Dist.

Fonte: http://algarvalentejo.blogspot.pt

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Cachecóis - Despertar SC

Memórias: Piense

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Memórias: Piense

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Futebol: Participantes e Calendário da 3ª Divisão Nacional





No Final da Época:
1. Sobem ao Campeonato Nacional de Seniores os dois (2) Clubes primeiros classificados das séries A/B/C/D/E/F do Continente, mais os dois (2) Clubes primeiros classificados da Série Madeira e o Clube vencedor da Série Açores;

2. Descem aos Campeonatos Distritais os setenta e seis (76) Clubes classificado do 3º ao 12º lugar das Séries A/B/C/D/E/F, do 2º ao 12º lugar da Série Madeira e do 2º ao 10º lugar da Série Açores.

3. Ficarão apurados para a disputar a Taça de Portugal na época de 2013/2014, os seguintes vinte seis (26) Clubes:
a. Os Clubes classificados em terceiro e quarto lugar, na fase de subida, das séries do Continente, doze (12) Clubes;
b. Os Clubes classificados em primeiro e segundo lugar, na fase de descida/manutenção, das séries do continente, doze (12) Clubes);
c. O Clube Classificado em terceiro lugar, na fase de subida, da série Madeira, um (1) Clube;
d. O Clube Classificado em segundo lugar, na fase de subida, da série Açores, um (1) Clube;



Aljustrelense 2008/2009

domingo, 12 de agosto de 2012

Jogadores Bejenses - Torpes


Carlos Torpes Júnior
 16/9/38 - Beja
Defesa-central

55/56-Despertar Beja---------jun.
56/57-Despertar Beja---------jun.
57/58-Despertar Beja----------III
58/59-Despertar Beja----------II
59/60-Despertar Beja----------II
60/61-Vit.Setúbal--------------II
61/62-Vit.Setúbal--------------II
62/63-Vit.Setúbal--------------I
63/64-Vit.Setúbal--------------I
64/65-Vit.Setúbal--------------I
65/66-Vit.Setúbal--------------I
66/67-Vit.Setúbal--------------I
67/68-Vit.Setúbal--------------I
68/69-Farense---------------III
69/70-Farense----------------II
70/71-Os Nazarenos---------III
71/72-Benfica N.Lisboa-Angola
72/73-C.D.Gouveia----------III
73/74-Desportivo Beja------III*
*como jogador-treinador

Fonte: http://algarvalentejo.blogspot.pt

Competições distritais da AF Beja


Terminou o prazo de filiação e inscrição em provas para a época 2012-2013. Os clubes inscritos nos vários campeonatos distritais são os seguintes:

Campeonato Distrital da 1.ª Divisão - 13 clubes
AJD Rosairense
CA Aldenovense
CCD Brº Conceição
CD Almodôvar
CD Beja
CD Praia de Milfontes
CF Guadiana
CRD Cabeça Gorda
FC São Marcos
FC Serpa
Piense SC
SC Odemirense
SC Cuba

Campeonato Distrital da 2.ª Divisão - 6 clubes
GD Amarelejense
GD Messejanense
GD Renascente
Negrilhos FC
Ourique DC
Sabóia AC

Campeonato Distrital de Juniores - 9 clubes
CA Aldenovense
CD Beja
CF Vasco da Gama
CRD Cabeça Gorda
Despertar SC
FC Castrense
São Domingos FC
SCM Aljustrelense
SC Odemirense

Campeonato Distrital de Juvenis - 7 clubes
CD Almodôvar
CD Beja
Despertar SC
FC Castrense
FC Serpa
Moura AC
JC Boavista

Campeonato Distrital de Iniciados - 16 clubes
CCD Brº Conceição
CD Praia Milfontes
CF Guadiana
CF Stº Aleixo Restauração
CF Vasco da Gama
Despertar SC
FC Castrense
FC Serpa
GD Amarelejense
Moura AC
Negrilhos FC
Operário FC
Ourique DC
SCM Aljustrelense
SC Cuba
SC Odemirense

Campeonato Distrital de Infantis - 24 clubes
Alvorada FC
CA Aldenovense
Casa do Benfica em Beja
CCD Brº Conceição
CD Almodôvar
CD Beja
CD Praia Milfontes
CF Guadiana
CF Stº Aleixo Restauração
CF Vasco da Gama
CA Operário
Despertar SC “A”
Despertar SC “B”
FC Castrense
FC Serpa
GD Amarelejense
GD Renascente
JC Boavista
Moura AC
Núcleo Sportinguista de Beja
Piense SC
SC Cuba
SC Ferreirense
SCM Aljustrelense
SC Odemirense

Campeonato Distrital de Benjamins - 28 clubes
AJD Rosairense
CA Aldenovense
Casa do Benfica em Beja
CCD Brº Conceição
CD Almodôvar
CD Beja
CD Praia Milfontes
CF Guadiana
CF Stº Aleixo Restauração
CF Vasco da Gama
Despertar SC “A”
Despertar SC “B”
FC Castrense
FC São Marcos
FC Serpa
GD Renascente
JC Boavista
Moura AC
Núcleo Sportinguista de Beja
Ourique DC
Piense SC
SC Cuba
SC Ferreirense
SC Figueirense
SCM Aljustrelense
SC Odemirense
São Domingos FC
UDC Beringelense

Campeonato Distrital de Futsal - 12 clubes
ACD de Luzerna
AD Vila Nova São Bento
Barrancos Futsal ADC
CD Beja
GD Casa do Povo de Safara
GDC Alcoforado
GDC Baronia
IP Beja
Núcleo Sportinguista de Moura
SA Almodovarense
SC Ferreirense
Vila Ruiva FC

Campeonato Distrital de Futebol Feminino de sete - 9 clubes
Casa Benfica em Almodôvar
Casa Benfica em Castro Verde
CF Vasco da Gama
FC Serpa
GD Amarelejense
IP Beja
Ourique DC
SCM Aljustrelense
SC Odemirense

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Cachecóis - Bairro da Conceição

Memórias: Piense

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Cachecóis - Sp.Cuba

Memórias: Piense

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

domingo, 5 de agosto de 2012

Jogadores Bejenses - Lança


António Hilário Marques Lança
5/6/53 - Beja
Guarda-redes

69/70-Lusitano do Lobito----I(Angola)
70/71-Lusitano do Lobito----I(Angola)
71/72-Lusitano do Lobito----I(Angola)
72/73-Lusitano do Lobito----I(Angola)
73/74-Lusitano do Lobito----I(Angola)
74/75-Lusitano do Lobito----I(Angola)
75/76-Desportivo Beja-------------III
76/77-Desportivo Beja-------------III
77/78-Desportivo Beja-------------III
78/79-Desportivo Beja-------------III
79/80-Desportivo Beja-------------II
80/81-Despertar Beja-----------Dist.
81/82-Despertar Beja-----------Dist.
82/83-Despertar Beja------------III
83/84-Despertar Beja----------Dist.
84/85-C.R.D.Cabeça Gorda---Dist.

Fonte: http://algarvalentejo.blogspot.pt

Jogadores Bejenses - Chico Fernandes


Francisco Manuel Franco Guerreiro Fernandes
3/1/60 - Cabeça Gorda
Defesa-central

73/74-Desp.Beja------------------ini.
74/75-Zona Azul------------------juv.
75/76-Zona Azul------------------juv.
76/77-Zona Azul------------------jun.
77/78-Zona Azul------------------jun.
78/79-Desportivo Beja-------------III
79/80-Desportivo Beja-------------II
80/81-Vitória Setúbal---------------I
80/81-Desportivo Beja-------------II
81/82-Vasco da Gama Sines-------II
82/83-União Madeira--------------II
83/84-União Madeira--------------II
84/85-Nacional Madeira-----------II
85/86-Nacional Madeira-----------II
86/87-Nacional Madeira-----------II
87/88-União Madeira--------------II
88/89-União Madeira--------------II
89/90-Olhanense-------------------II
90/91-União Santi.Cacém-------II B
91/92-União Santi.Cacém-------II B

Fonte: http://algarvalentejo.blogspot.pt

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Cachecóis - Ourique

Memórias: Piense

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...